Notícias

A importância da massagem, hoje e sempre

08/06/2015
A importância da massagem, hoje e sempre

A massagem, uma das mais antigas formas de manipulação do corpo humano, tem sido empregada com êxito por muitas culturas como meio de promoção e restauração da saúde. Pode ser entendida como manipulação do corpo com propósitos terapêuticos. Por volta de 3000 a.C, foi utilizada como medida terapêutica científica pelos chineses; também Hipócrates, o pai da medicina moderna, a empregou. O valor da massagem em nossa sociedade atual é tão importante como antigamente.

O emprego das mãos no tratamento é bastante eficiente, pois permite o conhecimento mais profundo das partes anatômicas do corpo do indivíduo, diferentemente dos aparelhos, possibilitando a identificação de algum tipo de anormalidade nas peças ósseas e tecidos moles do corpo.

A aplicação correta da massagem ajuda na tonificação e recuperação dos seus músculos, auxilia no equilíbrio dos órgãos internos e sistema nervoso, aumenta a respiração celular e circulação sanguínea e também provoca uma ótima sensação de repouso e bem estar. A massagem permite que o sangue e a linfa velhos saiam dos tecidos e voltem ao coração e aos pulmões com maior facilidade, conduzindo sangue novo e oxigenado para as células. Vários resíduos metabólicos são eliminados com a utilização da massagem, permitindo uma recuperação mais rápida e completa após exercícios físicos extenuantes.

A duração de uma sessão de massagem depende do objetivo e disponibilidade do paciente. Geralmente, o tempo mínimo utilizado é de 45 minutos, podendo chegar até 2 horas. Durante esse período são utilizadas várias técnicas de manipulação incluindo deslizamentos, amassaduras, fricção, rolamentos, percussão, vibração e golpes nervosos. A ordem de execução dos movimentos depende da linhagem e abordagem que o massoterapeuta possui em seu repertório de ação.

A aplicação da massagem pode ser realizada tanto no chão como sobre uma maca apropriada. O importante é que a pessoa se sinta confortável durante a manipulação e utilize uma respiração tranqüila que lhe proporcione o total relaxamento do corpo. É recomendável que se utilize óleos como o de andiroba, capim limão, lavanda e amêndoas. Músicas adequadas completam o ambiente perfeito para a sessão.

Uma boa massagem é como uma sinfonia; construída lentamente com elevações sutis até um crescente de movimento, terminando com um estado passivo e muito tranqüilizante. Experimente um dia e compreenda a energia e grandeza do seu corpo.


Fonte:
Professor Tiago Baldez
Fisiologista do Exercício e Massoterapeuta
CREF 5364-G/DF